quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

PRESTE ATENÇÃO; JESUS ESTA FALANDO!

“Disse-lhes Jesus: Vocês todos me abandonarão. Pois está escrito: ferirei o pastor, e as ovelhas serão dispersas. Mas depois de ressuscitar, irei adiante de vocês para a Galiléia.

Pedro declarou: ainda que todos te abandonem, eu não te abandonarei!

Respondeu Jesus: Asseguro-lhe que ainda hoje, esta noite, antes que o galo cante, três vezes você me negará. Mas Pedro insistia ainda mais: Mesmo que seja preciso que eu morra contigo, nunca te negarei. E todos os outros disseram o mesmo.”

O que estamos dizendo diante dos alertas que o Senhor tem dado através da Palavra, do Espírito que em nós habita e dos profetas? Seja em sonho, visões, palavra profética ou revelações; Quando Deus fala precisamos prestar atenção.

O correto aqui neste texto não seria buscar entendimento, se humilhar e perguntar ao Senhor o que fazer? O que nos impede de ouvir e entender?

”Quem é cego senão o meu servo, e surdo senão o mensageiro que enviei? Quem é cego como aquele que é consagrado a mim, cego como o servo do Senhor? Você viu muitas coisas, mas não deu nenhuma atenção; seus ouvidos estão abertos, mas você não ouve nada.” (Is. 42:19 e 20)

Em Mateus 13:14 e 15 temos a resposta dada por Jesus: Coração duro.

“Ainda que estejam sempre ouvindo, vocês nunca entenderão; ainda que estejam sempre vendo, jamais perceberão. Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos, e fecharam os seus olhos.”

O que endurece o coração? Pecado, desobediência, obstinação e o orgulho que sempre está por trás de tudo. Estilo de vida independente de Deus, sem disciplina com a Palavra, sem orar, sem tempo para adorar, sem prazer em ir à casa do Senhor e ter comunhão com os irmãos. Passa-se a ter uma vida espiritual vazia, superficial e religiosa ou pior; Afasta-se de Deus e começa a justificar seus erros e a culpar os outros.

Provérbio 22:3 diz que o avisado/prudente, vê o mal e se oculta. Será que estamos sendo avisados? Será que somos prudentes? Ou estamos agindo como os discípulos?

O Senhor está falando a Igreja. Estamos ouvindo? Qual a nossa atitude ao sermos avisados? Se hoje o Senhor pedir contas da nossa vida o que temos para dizer? Que tipo de cristianismo estamos vivendo e o que o Senhor está podendo realizar através de nós?

Santidade nos leva a intimidade com Deus e serviço é conseqüência de uma vida em obediência a palavra e ao Espírito Santo.

Você está ouvindo Deus falar?

Qual seu comportamento ao ouvi-lo?

Que a humildade e dependência de Deus nos leve a uma vida santa e dedicada. No centro da vontade Dele.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

FELIZ 2009?

Vamos fazer uma análise deste ano que está findando? 2009 pode até ter sido um ano bom, mas com certeza está deixando para trás muitas coisas mal resolvidas, muitos problemas sem solução e muitas promessas que ainda não aconteceram. E você como está? O Senhor me provocou para lançar um desafio para a Igreja e achei que você que está acessando este Blog também gostaria de conhecer e fazer parte.

O Senhor me deu uma revelação de como nós estávamos: muitos problemas sem solução, orações sem resposta, muitos ataques inimigos na família, finanças e saúde. Muitas promessas que ainda não se cumpriram e de como nós damos lugar ao pecado; não vigiamos e também de como ficamos presos ao remorso, acusação e culpa. Ele disse que ainda estava em tempo, temos todo o mês de dezembro para fazer um resgate e receber bênçãos e obter solução e vitorias onde estávamos sendo saqueados e roubados.

Desafio:

Separar todos os dias um tempo para; orar entregando os sonhos, os problemas e as pessoas que estão sendo usadas pelos inimigos para nos atingir. Buscar em Deus proteção para si e para a família. Perdoar e não dar lugar a mágoa e ressentimento. Quais os pecados que estão lhe dominando? Confessar com arrependimento e firmar um propósito de vigiar para não pecar mais. Deixe o Espírito gerar em ti uma dor pelo pecado cometido que supere o prazer que lhe dominou a ponto de pecar e ferir o coração do Pai.

Ler e meditar na palavra de Deus. (sugestão: AT. Josué – NT. Evangelho de João e Colossenses)

Adorar ao Senhor. Seja “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa a sombra do Onipotente” (Sl.91) Procure dar ao Senhor um tempo de qualidade. Se prepare para ter muitos encontros com Deus, para entrar em uma nova dimensão de fé e intimidade.

Além de todos os dias estar buscando ao Senhor, uma vez por semana separe uma hora para estar com Ele e apresente suas petições.

Ponha num papel seus pedidos; as promessas que Ele lhe fez e que você com fé está esperando o comprimento delas. Pela libertação e salvação de pessoas da família que estão enfermas, prisioneiras de vícios e ou feitiçarias e prostituição. Por áreas da sua vida e da sua família que precisam de milagres. Enfim tudo pelo que você orou em 2009 e está esperando no Senhor. Ore com fé, entregando e descansando.

Faça um jejum semanal entregando a Deus o seu sacrifício. Tire coisas que você goste muito e também vigie mais contra o pecado. Cuidado com o seu temperamento e com a língua.

Toda quinta feira a tarde no culto e nos domingos vamos levantar juntos um clamor ao Pai. Você pode acompanhar pela internet. Nosso site é www.obreirosdecristo.com

Que o Senhor nos ajude a crer e obedecer. Com Deus terminaremos 2009 de posse de vitória e teremos um 2010 poderoso e abençoado no completo controle do Senhor.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

ACENDE A CHAMA!

Teu coração está em chamas? Você vive ansiando por mais de DEUS? Quando você pensa nele fica cheio (a) de amor e chega a pensar que vai explodir? Gostaria que suas respostas fossem um sim poderoso. Mais sei que muitos podem ter perdido o primeiro amor. Outros estão vivendo um momento tão triste ou estão cheios de problemas que não conseguem subir e serem saciados e fortalecidos Nele.

Para vocês estou escrevendo. Sei o que é estar sem fogo e sem amor. Sei o que é ser uma tocha apagada ou prestes a apagar. Mais ALELUIA! tem jeito para isto e muito mais neste DEUS lindo que nos amou tanto a ponto de dar a vida do seu único filho para morrer em nosso lugar. Você só precisa reconhecer onde errou e pedir perdão. Se esvazie já de todo pecado, confesse com arrependimento e entregue a chave do seu coração e da sua vontade a Ele. Levanta a sua cabeça, quebrante seu coração e ore comigo agora. “Pai reconheço o meu pecado e confesso diante de ti. Sem perceber assumi o controle e me afastei do centro da tua vontade. Deixei que o problema me vencesse e tomei a vida nas mãos. Meu estilo de vida tem dado lugar ao inimigo, estou cansado e sobrecarregado, meu coração pesado e sem paz. Não tenho alegria e motivação para orar, ler a palavra e ter comunhão com os irmãos. Sinto-me tão desmotivado, abatido e sem força. Sem perceber sai do centro da tua vontade e da tua dependência. Por favor, Senhor me perdoe e me ajude a mudar. Dá-me sabedoria e entendimento espiritual. Renova em mim o teu amor e acende a chama do teu fogo santo, faz-me arder de amor por ti. Em nome de JESUS amém.” Este é o primeiro passo, mas tem que seguir em frente. Outros passos precisam ser dados. Agora, com disciplina e determinação separe tempo de qualidade para todos os dias adorar, ler/estudar e meditar na palavra de Deus e orar. No início pode ser que não seja prazeroso ou que não tenha vontade. Ore e peça ajuda ao Senhor, mas não pare.

Precisamos provocar encontros diários com o Senhor. Você será surpreendido com o que Ele fará e com as revelações que virão!

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e Eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e meu fardo é leve.” Mt.11:28 a 30

terça-feira, 24 de novembro de 2009

CAMINHO DE SANGUE...CAMINHO DE ALIANÇA

Este caminho poderoso que religa o homem a DEUS, começou no coração do PAI. O Senhor procurou um intercessor e não achou a ninguém. Então, o Verbo que estava com Deus desde o principio da criação (Jo.1:1 a 4) se oferta. O coração do PAI sangra de dor Ele sabia tudo o que seu filho haveria de sofrer. O Cordeiro de DEUS é anunciado a Adão na cobertura do pecado através do sangue do cordeiro (Gn.3:21) Prossegue na Aliança de Sangue com Abraão (Gn.15,17,18) Em Gênesis 22:1 a 18 DEUS prova Abraão quando pede Isaque em sacrifício e é obedecido. Ali a legalidade esta estabelecida; porque me deste teu filho, eu te darei o meu Filho.

Este caminho de sangue foi consumado por Jesus o Cordeiro de DEUS ao derramar seu sangue redentor, sangue da Nova Aliança. Começa no Jardim do Getsêmani (Lc.22:44) e continua até a cruz. Sangue das bofetadas e socos, sangue das trinta e nove chicotadas que transformaram suas costas em carne moída (Is.53:5), sangue da sua cabeça onde uma coroa de espinhos foi colocada, sangue das mãos e pés onde foi colocado os pregos da crucificação. O Senhor esvaia em sangue e por último uma lança o perfura no lado por onde sai sangue e água.

Ao ressuscitar Jesus triunfa sobre a morte, o inferno e a sepultura e ascende aos céus levando seu próprio sangue ao Tabernáculo Celestial e sobre o propiciatório o derrama. O sacrifício perfeito está consumado e a redenção do homem está firmada. Há um caminho de sangue que liga a terra aos Céus. Há um Homem na Glória, Yeshua.

Ande por este caminho de sangue. Adore ao Senhor, que o seu coração seja um altar de adoração. Crie em volta de ti um ambiente de adoração. Que a sua casa seja uma igreja do Senhor. Você e sua casa caminhando por este “caminho de sangue”. Sejam curados recebam o sangue da Nova Aliança em seu corpo, alma e espírito. Se coloque aos pés da cruz. Pela fé coloque também sua família, finanças e tudo o que é seu e declare ao inimigo; “Você não pode passar neste caminho para nos atingir”.

Sangue é vida, é moeda espiritual e o sangue de Jesus é o de maior valor. O sangue de Jesus veio de DEUS.

Receita de Avivamento:

1. Caminho de sangue; você um adorador em aliança com Deus, seu coração um altar de adoração.

2. Sua casa igreja do Senhor. A atmosfera de adoração inunda sua casa e família.

3. Sua Igreja será avivada.

4. Sua cidade e nação serão transformadas

A Presença da Glória voltará! Deus fará aquilo que como Igreja nós falhamos em fazer. Eu e você cheios do Espírito e no poder de Deus vamos pregar o Evangelho do Reino e fazer discípulos para o Senhor e os sinais e maravilhas serão uma evidencia da glória em nós.

sábado, 14 de novembro de 2009

Babilônia não é teu lugar!

Estava lendo e meditando Apocalipse 12 e comecei a falar com o Senhor sobre o que nós a Igreja precisamos saber e fazer para estar preparados? A pergunta do Senhor foi: o que você quer saber? Então disse; o que o Senhor quiser me ensinar! E Ele respondeu que eu precisava dizer o que queria saber e que fosse especifica. Como estava entendendo que nós precisamos buscar mais ao Senhor: aumentar a fome, se quebrantar, confessar pecados, ouvir, entender e obedecer. ATRAIR A PRESENÇA DE DEUS para si e para a Igreja. Então perguntei como se preparar para o Avivamento e o Arrebatamento?

O Senhor me mandou ler Apocalipse 18:11 “Os negociantes da terra chorarão e se lamentarão por causa dela, porque ninguém mais compra a sua mercadoria:” Lendo a lista de mercadorias descrita nos vs. 12 e 13 vemos uma lista de coisas supérfluas e de riquezas além de “corpos e almas de seres humanos” O Senhor falou:”Babilônia é um sistema que controla o mundo” . Comecei a ver a conseqüência de se afastar de Deus e dos valores bíblicos. A contaminação na educação, moda, artes, mídia, do sistema financeiro e do comercio. E como satanás está controlando o mundo/cosmo, preparando o reino do anticristo.

O Espírito me deu entendimento que a Igreja Santa, a ”noiva do Senhor” precisa se afastar e se descontaminar deste sistema, pois agora pertencemos ao Seu Reino; nosso sistema de valores está na Bíblia e somos ensinados pelo Espírito Santo. Precisamos ser santos e andar em santidade. Pensar e agir como homens e mulheres em aliança com o Senhor.

O que é ser santo?

Nós temos muitos paradigmas e distorções no coração. Para muitos, ser santo é ser “diferente” do mundo no sentido de aparência, tipo; as mulheres se vestirem com roupas folgadas e compridas e o cabelo longo, os homens de terno e não usarem barba. Outra distorção é não poder usar bateria nem guitarra na igreja. Tambores nem pensar, pois são consideradas coisas do “mundo.”

Para outros, santidade é se afastar de atividades consideradas do mundo, como ir ao cinema, a praia, participar de jogos e praticar esportes etc. Outros acham que é ser bom é ter uma vida moralmente correta. Há também os que acham que é se isolar num mosteiro.

É muito importante que nos vistamos e comportemos de forma digna e sensata, que tenhamos cuidado aonde vamos e com o que vemos e fazemos. Ser bom, justo e correto deve ser decorrente da santidade, mas não define ser santo.

O Dr. Robert D. Heidler em seu livro o Despertar da Igreja de Cristo diz algo esclarecedor. “O oposto de santo não é pecaminoso ou mal. O oposto de santo é comum. No original hebraico é; separado do comum ou acima do normal. Tratar algo ou alguém como santo é honrá-lo como especial. A primeira vez que Deus chamou algo de SANTO foi em Genesis 2, quando abençoou o sétimo dia e o designou como SANTO. Chamar o sétimo dia de santo não significa que os outros dias fossem mundanos, maus ou pecaminosos. Os primeiros seis dias foram bons, mas não eram santos. Eram apenas dias comuns. Deus, porém separou o sétimo dia do restante e disse: “Este dia é ESPECIAL”.

Em Levíticos 10, Deus deu instruções a Arão de como servir no tabernáculo. Avisou-lhe para ser cuidadoso e “distinguir entre SANTO e COMUM.” Deus estava dizendo: “não trate o que é ESPECIAL como COMUM”.

Caminhar em santidade não é uma questão de ser bom ou diferente; é mostrar HONRA! É tratar o que é ESPECIAL de uma maneira especial!

Santidade é o segredo de caminhar na presença e no poder de Deus!

Em sua palavra Deus designou certas coisas como santas. “Ele nos pede para tratarmos essas coisas de uma maneira especial.”

Com disciplina e perseverança, ler, estudar e meditar na Palavra de Deus. Procurar ser guiados pelo Espírito Santo. Orar em todo tempo e a respeito de tudo e todos. Mateus 7:7

Oração de petição, intercessão, entrega, consagração e de batalha espiritual.

Ser um adorador. Ser “Aquele que habita no Esconderijo do Altíssimo e descansa a sombra do Onipotente.” Na adoração chegamos à presença do Senhor, a Paz é restaurada, recebemos direção e estratégia. Entramos no descanso do Pai. Como servos obedientes e cheios do amor do Pai, vamos pregar o evangelho com poder e fazer discípulos para o Senhor.

Receba este alerta no seu coração, ore desejando ser santo e com todo seu coração viva em unidade com Deus. Seja aquele que vai atrair a Glória de Deus e que vai subir no arrebatamento .

Prepara-te Igreja para te encontrares com teu Deus!

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Alerta aos Servos!

“Ouçam surdos; olhem cegos, e vejam! Quem é cego senão o meu servo, e surdo senão o mensageiro que enviei? Quem é cego como aquele que é consagrado a mim, cego como o servo do Senhor? Você viu muitas coisas, mas não deu nenhuma atenção; seus ouvidos estão abertos, mas você não ouve nada.” (Is.42:18 a 20)

“Irmãos, quanto aos tempos e épocas, não precisamos escrever-lhes, pois vocês mesmos sabem perfeitamente que o dia do Senhor virá como ladrão a noite.” (I Ts.5:1 e 2)

O que antecede um avivamento? Olhando para a história da Igreja, vemos que no mundo o nível de iniqüidade, violência e pecado cresce a ponto de chocar até quem não conhece a Deus. A Igreja é levada ao arrependimento, confissão de pecado com jejum e choro. O povo de Deus, conduzido pelo Espírito Santo é levado a uma busca por mais de Deus, um anseio pela presença do Senhor!

O Senhor está nos chamando para um nível mais elevado de comunhão e entendimento espiritual. Precisamos discernir os tempos e estações de Deus. Ele está se movendo em nosso meio, a palavra profética tem sido anunciada e pregada em muitos púlpitos. Nossos corações têm estado endurecidos e nossa mente cauterizada pelo pecado tem amado o mundo e as coisas que no mundo há. Que evangelho temos vivido? Muitas igrejas para agradar seus membros, estão pregando um evangelho humanista. (Ef.4:18)

Servos... com choro, arrependimento e coração quebrantado vamos buscar a presença do Senhor. Buscar ouvir e entender, ver e observar.

Entenda que este é o momento de Deus para nós, é hora de receber revelação ser cheio do Espírito, e conduzidos por Ele passarmos para o nível mais elevado. É hora de entender e obedecer. Quer entender melhor?

É como Eliseu que ouviu Elias dizer para ficar, mas perseverou na revelação, buscou ouvir Deus e recebeu a porção dobrada. Servo...não perca sua herança!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

video

IMAGINE

“...prepare-se para encontrar-se com o seu Deus” (Am.4:12b)

Imagine o Senhor falando para ti: “Dentro de três meses virei lhe buscar prepara-te!” E ai o que fazer?

Na verdade vivemos o que a Bíblia chama de últimos dias. (IITm.3:1 a 5) Então este aviso pode ser bem real. O que você faria? Posso dar uma sugestão?


Receita bíblica:

1. Meu coração

· Sondar o coração: arrependimento/confissão (IJo.1:9) e vigilância

· Limpeza /purificação

· Disciplina/perseverança (Tg.1)

Tempo para Deus

· Ler/estudar/meditar na palavra de Deus. (Js.1:8)

· Orar sem cessar. Pedir (petição) /buscar (adoração) /bater (batalha espiritual) (Mt.7:7 e 8) entregar e descansar.

· Adoração (você escolhe; chama Deus para sua realidade onde você tem o controle ou vai para a dele onde Ele tem o controle.)(Jo.4:23)

2. Minha casa/Igreja do Senhor (Dt.6:4 a 9)

· Consagração da família e do lar ao Senhor

· Orar por eles e com eles

· Tempo da família com Deus (edificação familiar)

· Shabat/Descanso com a família

· Minha casa a serviço do Senhor: grupo familiar/discipulado/reuniões de oração? Pergunte a Deus!

3. Minha Igreja/Casa do Senhor

· Oração

· Comunhão

· Compartilhamento

· Aprendizado

· Submissão/Serviço

· Dons e ministério

Que o Senhor te de graça, sabedoria e fé para viver uma vida santa e na força do Senhor vença tudo e fique firme até a vinda do Senhor.(Hb.12:14) (Ef.6:10 a 18)

*tradução do video

Eu só posso imaginar

Eu só posso imaginar como será

Quando eu andar ao seu lado

Eu só posso imaginar o que meus olhos verão

Quando sua face estiver diante de mim

Eu só posso imaginar

Refrão

Envolvido por sua glória

O que meu coração sentirá?

Eu dançarei pra você Jesus?

Ou em respeito a você ficarei quieto?

Ficarei de pé em sua presença?

Ou cairei de joelhos?

Eu cantarei aleluia?

Eu serei capaz de falar em tudo?

Eu só posso imaginar

Eu só posso imaginar

Eu só posso imaginar quando este dia chegar

E eu me encontrar diante do filho

Eu só posso imaginar quando tudo que farei

É pra sempre, pra sempre te adorar

Eu só posso imaginar

Eu só posso imaginar

(refrão 2x)

Eu só posso imaginar

Quando tudo que farei

É pra sempre, pra sempre te adorar

Eu só posso imaginar


sábado, 31 de outubro de 2009

REVELAÇÕES

“Eu lhes falei de coisas terrenas e vocês não entenderam; como entenderão se lhes falar de coisas celestiais? (Jo.3:12)

No ano passado estava orando e pedi ao Senhor que me revelasse os tempos proféticos, fui surpreendida com a pergunta “Queres mesmo?” Quando Deus faz perguntas eu estremeço. Respondi que sim e me senti sondada por dentro, é como se minhas motivações fossem testadas e acho que foram aprovadas, pois o Senhor falou “Os selos já estão sendo abertos.” Assustada e surpresa perguntei: como? O Senhor então me mandou ler Apocalipse Seis. Quando comecei a ler, o Senhor disse que já tinha aberto o primeiro e o segundo selos e que o terceiro seria aberto em breve. E começou a me ministrar: “O primeiro selo é o anticristo e a qualquer momento ele aparecerá. Você costuma pregar sobre o arrebatamento e diz sempre que o “palco” do anticristo está sendo armado, vou usar este exemplo para lhe explicar. Quando um superstar vai fazer um show ele não vem armar palco, nem trabalhar na logística, ele tem sua equipe montada e preparada para tudo, ele só aparece na hora do show. Assim será com ele.”

O Segundo selo; tirar a paz da terra e fazer que os homens se matassem uns aos outros. O que as nações mais anseiam? Paz! Nuca antes a vida foi tão banalizada. Hoje se mata por nada!

O Terceiro selo; “...cavalo preto. Seu cavaleiro tinha na mão uma balança. Então ouvi o que parecia uma voz entre os quatro seres viventes, dizendo: “Um quilo de trigo por um denário, e três quilos de cevada por um denário, e não danifiquem o azeite e o vinho!” O Senhor voltou a me falar: ”Este é o selo que será aberto em breve. Grande será a fome que se abaterá sobre as nações. O azeite como símbolo do Espírito e o vinho símbolo da Nova Aliança, representam minha Igreja. Meu povo será protegido”. Perguntei como nós a Igreja (não denominação) seriamos protegidos e o Senhor falou que assim como Ele protegeu Israel das pragas que vieram sobre o Egito, Ele nos protegeria.

Quero lembrar que serão protegidas as pessoas que tem aliança com o Senhor. As “igrejas” estão cheias de pessoas que freqüentam e são “membros”, mas nem todas elas são pessoas em aliança com Deus.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Identidade e Destino

Identidade e destino sócio econômicos estão ligados a estrutura familiar onde recebemos educação, informação, formação e herança. Nossos pais são os vinculadores. E espiritualmente?

É importante conhecer quais minhas aptidões, capacitações e chamado. Também é importante saber como realizar este chamado e qual é a minha herança ou legado.

“Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos, por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado”. (Ef.1:4 a 6)

“Os teus olhos viram meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir”. (Sl.139:16)

Temos uma identidade em Cristo e um destino espiritual para cumprir. O chamado ministerial e os dons podem variar, assim como o destino de cada um. Deus não vai nos obrigar a cumprir nosso chamado, Ele nos deu livre arbítrio.

Estamos vivendo dias proféticos, biblicamente chamados de “tempos do fim ou últimos tempos”. O Senhor está dando entendimento espiritual e revelações poderosas para que possamos tomar decisões acertadas e fazermos as escolhas que nos conduzirão ao centro da Sua vontade.

Decisões e escolhas são sempre difíceis. Tememos pelas conseqüências que elas possam nos trazer e por isso muitas vezes protelamos ou deixamos outros decidir por nos, numa flagrante covardia.

Em II Reis 5 vemos Geazi fazer uma escolha desastrosa, trocando a herança de Eliseu pela de Naamã. Muitos ao ler este texto acham que não tem nada demais aceitar, afinal era um presente! Este é o problema de viver na própria capacitação, guiados por valores e conceitos muitas vezes contrários aos da Palavra de Deus. Precisamos de discernimento espiritual. “Este não era o momento de aceitar prata nem roupas, nem de cobiçar olivais, vinhas, ovelhas, bois, servos e servas”. (IIRs.5:26b)

Será que nós hoje não estamos caindo no mesmo erro? Vivemos num mundo altamente consumista. Insatisfeitos e ansiosos nos tornamos prisioneiros da cobiça. Movidos pelo anseio de ser feliz, amados e aceitos, projetamos em pessoas e coisas o que só Deus pode ser e realizar.

Usurpação de autoridade em vez de lealdade, cobiça prevalecendo sobre a satisfação de ter o que Deus estava suprindo. É preciso olhar com mais cuidado para conseguir ver como o nosso caráter está contaminado e elástico a ponto de justificar e tornar correto comportamentos e atitudes que a Palavra e o Espírito Santo condenam. Ser guiado por Deus ou pelo coração enganoso? Escolhas...

A segurança para fazer as escolhas e decisões certas esta em ouvir ao Senhor, discernir e obedecer. Se diariamente estivermos ouvindo o Senhor, sendo guiados pelo Espírito Santo e pela palavra, será muito natural consultá-lo a respeito de tudo. É um novo “estilo de vida” e costumo chamar viver o sobrenatural de modo natural. Confiar em Deus é mais que palavra e intenção. É obedecer, é entregar a vida e optar sempre pelo que Ele está dizendo ou mandando, ainda que não concorde ou goste. Confiança gera respeito, respeito gera amizade, amizade gera relacionamento. Quem confia obedece!

“Quer você se volte para direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você dirá: “Este é o caminho; siga-o”. (Is.30:21)

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas. Não seja sábio a seus próprios olhos; tema o Senhor e evite o mal”. (Pv.3:5 a 7)

Assim fica muito fácil tomar decisões acertadas! Que o Senhor nos abençoe.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Queridos irmãos dada a seriedade do assunto, vamos orar. Vamos buscar estratégias do Pai.
Deus os abençõe.
Pra.Liane



Pr. Eli Fernandes de Oliveira

Estive, dias atrás, na Turquia, acompanhado do Pr Walmir Vargas, Ministro de Educação Cristã da LIBER. Em Istambul, unimo-nos a uma caravana de 45 membros da Igreja Palavra Viva, liderada por seu pastor e meu querido amigo, Lamartine Posella, conhecido líder evangélico no Brasil. Visitamos as cidades das sete igrejas do Apocalipse, depois do que voltamos para o Brasil em vôo da Turkiesh Airlines, Istambul/São Paulo, com escala em Dakar, capital do Senegal. Assentou-me ao meu lado um jovem universitário senegalês, muçulmano, El Hadí, com 26 anos, muito educado. Orei ao Senhor e, percebendo que ele falava também inglês, abordei-o acerca de Jesus. El Hadí ouviu-me atentamente, também formulou algumas perguntas interessantes, e até aceitou orar comigo, erguendo suas mãos como eu, repetindo as palavras à medida em que eu orava. Pedi que Jesus Cristo entrasse no seu coração e o ajudasse em sua compreensão espiritual.
Qual não foi minha surpresa quando um homem barbudo, de sorriso estranho, maldoso, com veste e turbante brancos, veio à nossa poltrona, dizendo que ouvira nossa conversa. Dirigindo-se ao jovem senegalês, perguntou-lhe: “Por que você, muçulmano, está ouvindo as palavras desse cristão que o quer converter? Você é quem deveria lhe falar de Maomé”. Aquele lugar foi tomado de uma forte opressão. A cada palavra que eu ministrava sobre Jesus, o único Senhor e Salvador, aquele homem desprezava-O, ressaltando o nome de Maomé, sempre em tom arrogante e agressivo. Quando lhe perguntei se desceria no Senegal, disse-me que estava indo para São Paulo. Mostrou-me umas anotações, nas quais estava escrito: Santo Amaro, de 9 a 11. Ainda falou-me o que aconteceria no bairro de Santo Amaro: um encontro de líderes muçulmanos de todo o mundo, para planejar a conversão da América do Sul para o islamismo. “O Brasil será de Maomé em breve, a Europa também logo será muçulmana”. “O cristianismo está para se acabar e o mundo será islâmico”. E repetiu: “Maomé é o Profeta de Deus! Noé, Abraão, Moisés e Jesus foram profetas, mas Maomé é o maior, o último e o mais importante”.
Enquanto o enfrentava, os evangélicos no avião davam-me cobertura espirirtual, percebendo a luta e orando com fervor. Deus concedeu-me, por seu poder, a firmeza e a autoridade espiritual para encarar aquele agente de satanás. Após reafirmar-lhe que, um dia, diante de Jesus. “ todo joelho se dobrará e toda lingua confessará que Jesus é o Senhor, para a Glória de Deus Pai” e de assegurar que Jesus “é o único caminho, verdade e vida, e que ninguém vai ao Pai, senão por Ele”, encerrei aquela tensa conversa, ordenando-lhe que se afastasse. Aquele homem bateu em retirada diante da autoridade com que Deus me investira para o enfrentamento firme, e por minha inabalável convicção acerca de Jesus,
Assentado com meu amigo e colega Lamartine, e em espírito de oração, resolvemos que, ao chegar a São Paulo, quando fôssemos retirar nossas bagagens, abordaríamos aquele líder muçulmano, declarando-lhe que o Brasil é de Jesus Cristo! E que Deus fecharia as portas para a ação evangelizadora muçulmana em nosso país.
Ontem, dia 06, tive a oportunidade de pregar na PIB de São Paulo, pela manhã, na reunião dos pastores das igrejas batistas do centro, na qual também estavam presentes 4 obreiros da Missão junto aos árabes. Ali tomei conhecimento da magnitude do Congresso Islâmico e da presença maciça de líderes de vários países do mundo, nos dias 9 a 12 de outubro. O quadro ficou completo: Entendi que Deus nos permitiu o enfrentamento do lider muçulmano, fanático, naquele vôo, a fim de que nós cristãos obtivéssemos dele mesmo as informações privilegiadas da mega operação que vai acontecer em Santo Amaro , um verdadeiro circo armado para discutir estratégias e liberar muito petrodólar, de forma a, segundo ele, converter o Brasil e o mundo à fé islâmica. Não fosse assim, dificilmente saberíamos de tudo, com tanta antecipação.
Mas, agora, o que fazer? O que Deus quer de nós? Sei que podemos subestimar o poder do inimigo usando chavões inconsequentes, corriqueiros! Volto às circunstâncias em que se deu aquele episódio: A ira do kuaitiano ao me ouvir evangelizando um muçulmano senegalês durante o vôo de regresso ao Brasil. A Bíblia dá-nos conta de que os crentes daquelas sete igrejas se descuidaram, um dia, do padrão do Senhor, não deram ouvido às advertências a elas dirigidas pelo Cristo ressurreto, e foram derrotados, banidas totalmente! E hoje, 99% dos moradores daquele país, a Turquia, são muçulmanos! Deu para entender? Lá fomos derrotados mesmo!
À vista destes acontecimentos, quero conclamá-los a que nos unamos, neste momento, em fervorosas orações. Apelo-lhes a que reconheçam as razões pelas quais o cristianismo foi derrotado nas 7 igrejas. Arrependamo-nos e voltemos a uma vida de santidade e de compromisso única e absolutamente com Jesus, com as Escrituras e com Sua Igreja, para que a derrota não se repita mais! O recado do Apocalipse continua sendo o mesmo para nós, hoje: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”!
Fomos derrotados quando perdemos o primeiro amor (Ap 2.4); quando não fomos fieis até a morte (Ap 2.10); quando permitimos heresias em nosso meio (Ap 2.14,15); quando deixamos de ser como Jesus (Ap.2.20); quando matamos nossa vida espiritual (Ap. 3.1); quando não retivemos as bênçãos recebidas (Ap. 3.11); quando nos permitimos permanecer sob o jugo de dois senhores (Ap.3.15,16).
O muçulmano El Hadí desceu em Dakar, deixando-me seus telefones, e-mail, facebook e orkut, pedindo que eu não me esquecesse dele, e convidou-me a ir ao Senegal, hospedando-me em sua casa.
O fanático e agressivo Kuaitiano está agora aqui em São Paulo , ultimando os preparativos para a sua ofensiva islâmica, com outras centenas de lideres do mundo, para converter o Brasil e a América do Sul a Maomé.

Lá, na Turquia, terra do apóstolo Paulo e onde foi pastor, em Éfeso por cerca de dois anos e meio, onde João também exerceu profícuo pastorado – é repetido constantemente pelos guias turísticos que quando João chegou em Filadélfia a cidade inteira se converteu – , onde também Policarpo foi pastor na Igreja de Esmirna. Sim, lá na Turquia eles mataram nossos profetas, nossos homens de Deus e nos expulsaram violentamente daquele País. Após a conquista de Constantinopla, o País inteiro se “converteu” à força ao Islamismo, e os cristãos se retiraram cabisbaixos, derrotados. Será que vamos permitir que esse desastre novamente venha se repetir, e agora em nossa amada terra e continente? Muçulmanos? Em nome de Jesus outra vez NÃO! Para que sejamos vitoriosos contra esta investida de Satanás devemos pagar o preço, conforme está dito em II Crônicas 7.14:
“SE MEU POVO QUE SE CHAMA PELO MEU NOME ORAR, BUSCAR A MINHA FACE E SE CONVERTER DE SEUS MAUS CAMINHOS, ENTÃO EU OUVIREI DOS CÉUS, PERDOAREI OS SEUS PECADOS E SARAREI A SUA TERRA!”
Coloquemo-nos, pois, de joelhos, jejuemos, oremos a nosso Deus e Ele nos ouvirá, certamente, e o Brasil será de Jesus, até sua volta! Esse é tempo de oração, de batalha espiritual! Estejamos em oração de 9 a 12 de Outubro. Ore e divulgue essa matéria a todos os seus amigos e àqueles que fazem parte de seus grupos de e-mails.. Resistamos em oração! para a glória de Deus.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

JESUS E JOÃO BATISTA / VINHO NOVO EM ODRES NOVOS

“Digo-lhes a verdade: entre os nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista; todavia, o menor no Reino dos céus é maior do que ele. Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos céus é tomado à força, e os que usam de força se apoderam dele. Pois todos os Profetas e a Lei profetizaram até João. E se vocês quiserem aceitar, esse é o Elias que havia de vir. Aquele que tem ouvidos ouça!” (Mt.11:11 a 14)

O ministério de João Batista precedeu o de Jesus, ele foi o preparador do caminho, levando o povo ao arrependimento. Com a unção de Elias promoveu uma reforma espiritual em Israel. Ele era filho de sacerdote, estava separado para exercer o sacerdócio, e ter todas as mordomias do poder. Era tudo muito cômodo, respeitável, confortável e esperado. Mas, não era o que Deus tinha para ele. O chamado de João Batista era radical, pois tinha de romper com as estruturas religiosas da época. O ministério dele era no deserto e as pessoas iam até lá para ouvi-lo. Ele foi o “amigo do noivo”.

Jesus vai até João para ser batizado e nele se cumpre o que Deus tinha avisado a João. “Eu não o teria reconhecido, se aquele que me enviou para batizar com água não me tivesse dito: “Aquele sobre quem você ver o Espírito descer e permanecer, esse é o que batiza com o Espírito Santo”. Eu vi e testifico que este é o filho de Deus”. (Jo.1:33 e 34) Só dois discípulos de João passam a seguir Jesus. Um “novo” ministério se inicia. Agora Jesus vai ao povo e além de pregar o arrependimento leva as boas novas do Evangelho. O Senhor deu Seu Espírito a Igreja, delegou sua autoridade, poder, unção para que fossemos santos, fizéssemos as obras que Ele fez e ainda maiores. Enviou-nos para pregar o Evangelho, fazendo discípulos e para impactar o mundo.

A “noiva do Senhor” também está confortável e acomodada e Deus a está chamando para o “novo”. O Senhor está fazendo uma reforma na sua igreja, limpando e purificando. Não há “zona de conforto”. Resistimos ao novo, temos apego ao velho e medo de mudanças, pois pode ser doloroso e nunca é confortável. Gostamos do que nos é familiar e de estar no controle.

Você está aberto e pronto para as mudanças que o Senhor quer fazer?

Em Jeremias 1:10 está a receita da reforma para os nossos dias. “Veja! Eu hoje dou a você autoridade sobre nações e reinos, para arrancar, despedaçar, arruinar e destruir; para edificar e plantar.”

· Arrancar e despedaçar = tirar com força e partir em pedaços, dilacerar. Esta é a primeira etapa da reforma, é como se fosse uma árvore que precisa ser arrancada e feita em pedaços para não mais existir. É o pecado e a transgressão que temos permitido se alojar dentro de nós e governar nossos valores, idéias, pensamentos, vontade e sentimentos.

· Arruinar e destruir = causar ruína e derrotar, exterminar e vencer. Está é a segunda e definitiva parte da reforma, como uma construção/fortaleza. Isto fala do que fazemos e de nossas ações a partir do que temos permitido nos governar.

A Igreja que está buscando santidade tem estado lutando contra o pecado. O problema é que vivemos num mundo/sociedade “demonizado”, o certo e o errado é relativizado e a moral e bons costumes totalmente elásticos, tudo é permitido. O homem dos nossos dias vive para ser feliz e é guiado pelos apetites e prazeres. Em síntese, temos estado no controle e atrasando o concerto que Deus quer fazer. Precisamos com urgência sair da “zona de conforto”.

O Senhor tem “vinho novo” para derramar, mas o fará dentro de “odres novos”. O tempo da visitação de Deus chegou, e Sua reforma é radical que tipo de odre você é. Ainda está em tempo de passar por reforma.